Composição 1_1
Composição 1_1

Vanessa atua em projetos sociais nas ruas da capital paulista – Divulgação

A assistente social Vanessa Mary Labigalini, 48 anos, graduada pela PUC-SP, tem se destacado por sua atuação em projetos sociais na cidade de São Paulo.

Vanessa é sobrinha do casal Claudio e Rosi Mari, e possui laços com Bariri. “Meus padrinhos e primos são baririenses de coração e eu sou também por extensão”, afirma.

Ação Social

Vanessa é criadora de dois grupos ligados à assistência social. Em 2004, formou juntamente com Daniela Greeb o  Instituto de Políticas Relacionais (IPR), Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP – Lei 9.790).

Com atuação nacional, o IPR elabora e gere projetos próprios e de terceiros, identifica necessidades de comunidades, órgãos públicos e empresas privadas e as transforma em projetos e programas culturais e sociais. “Nossa missão é disseminar e democratizar os direitos humanos e empoderar pessoas para que se tornem cidadãs”, afirma Vanessa.

Em 2015, a assistente social criou também o grupo ‘Casa de Vó’. O coletivo dá assistência a pessoas em situação de rua e reúne cerca de 70 voluntários com atuação permanente.

Além do Banho pra Geral, o grupo oferece doação de comidas e vestuário, cursos ligados à temática espiritual, festa aos aniversariantes do mês e um bloco de carnaval, o Unidos da Rua, que desfila nas ruas do bairro do Bexiga há cinco anos.

Banho Pra Geral

O projeto Banho pra Geral, na cidade de São Paulo, oferece banho para pessoas em situação de rua, por meio de uma carreta móvel com caixa d’água de 440 litros.

O programa também entrega um kit de higiene com toalha, shampoo, condicionador, pente, sabonete, creme dental e escova de dentes, além de roupas, alimentos e cobertores.

Segundo Vanessa, além da prevenção ao Coronavírus, o trabalho ajuda a quebrar o ciclo da desumanização. “Além do banho de autoestima, as pessoas recebem escuta, visibilidade e a troca necessária para sua cidadania e a busca por melhores dias”, afirma.

Cerca de 70 voluntários, devidamente protegidos com máscaras, viseiras e luvas, participam da ação.  O Banho pra Geral já passou por locais como Belém, Bexiga, Mooca, Centro e, em especial, a Cracolândia.

Por iniciativa do coletivo Casa de Vó em parceira com o Instituto de Políticas Relacionais, o Banho pra Geral ocorre desde 2019 e agora ganhou o patrocínio da empresa EDP, multinacional do setor elétrico, e apoio da Phisalia e Itelligence Group.

Assistente social, psicodramatista e curiosa

Vanessa Vanessa Mary Labigalini se define como uma pessoa ‘movida por gente’. “Entendi desde pequena que não é possível alguém estar passando necessidade como fome e ficar tranquilo com isso”, afirna.

“Fiz minha graduação pra ter mais ferramentas deste mundo, em Serviço Social na Puc/SP e me especializei nas relações em sua forma viva, quando elas acontecem, por isso o psicodrama como meu aliado para esta visão”, informa.

“Tenho estórias pra contar e inspirar, é o que tenho feito. Tenho uma trajetória religiosa e hoje sou sacerdotisa de umbanda, e defensora da Tolerância Religiosa. Defendo a cultura afro no Brasil, levo muitos aprendizados da linha afro umbandista para todos. Não se limita um pais laico, cultura também é aprendizado”, finaliza.