posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

A reportagem do Candeia conversou com seis comerciantes ligados ao setor; três estão abertos e três permanecem somente com serviço delivery (Foto: Jornal Candeia)

Essa semana, lojas de material de construção de Bariri iniciaram atendimento ao público, com algumas restrições. Parte das portas permanece fechada e há número reduzido de funcionários.

Os comerciantes afirmam que adotaram ações de prevenção, como proteção aos funcionários e clientes com álcool gel, distanciamento físico de pelo menos dois metros nas filas de caixa e estão mantendo o ambiente ventilado.

Ainda de acordo com os empresários, a decisão tem o aval de decretos do governador João Dória (PSDB), editados nos dias 23 e 31 de março, que liberam a abertura das casas de construção civil, com o argumento de que não há contato com o público. Há ainda o entendimento de que a população tem necessidade de recuperar ambientes e equipamentos. A reportagem do Candeia conversou com seis comerciantes ligados ao setor. Três deles – São José, Casa São Paulo e Brito Materiais de Construção – admitem que as lojas estão abertas, funcionando parcialmente, dentro das exigências do decreto e com autorização da prefeitura de Bariri.

Outros três empresários ainda estudavam a medida e permaneciam com as portas fechadas, atendendo com serviço de delivery. É o caso da Casa Alvorada, Forcin Materiais de Construção e Casa União. Eles cogitam ampliar o atendimento nos próximos dias. (Confira materia completa no Jornal Candeia impresso).