Slider

 

Medida começa a vigorar em Bariri a partir de segunda-feira – Foto: Robertinho Coletta/Candeia/2018

O prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB) assinou decreto na tarde desta sexta-feira, dia 20, para o enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus.

A principal medida é o fechamento de estabelecimentos comerciais de toda natureza a partir de segunda-feira, dia 23, por tempo indeterminado.

Também devem suspender as atividades a partir da mesma data clubes, associações, cinema, salões de festas, bares, lanchonetes, restaurantes, academias de ginástica, clínicas de estética, espaços Kids, missas, cultos e outras atividades religiosas.

Alguns estabelecimentos poderão trabalhar no sistema “delivery” e “online”, sem atendimento presencial.

Quem não cumprir a determinação está sujeito a perder o alvará de funcionamento de seis meses a dois anos.

Poderão funcionar normalmente supermercados, farmácias, postos de combustíveis, instituições financeiras, clínicas médicas, laboratórios de análise, distribuidores de gás e pet shop.

No entanto, é preciso que restrinjam o atendimento em 50% de sua capacidade.

O decreto também determina estado de emergência no município de Bariri. A medida representa a dispensa de licitação para aquisição de bens e serviços destinados ao enfrentamento do coronavírus.

O atendimento na administração pública direta (prefeitura) e indireta (Saemba) deverá ser interrompido ou reduzido, conforme o caso, com exceção de casos de urgência e emergência.