Slider

Chuva e galhos caídos causaram alagamento de ponte na Rua Sete de Setembro – Foto: Rosa Marcolino

A chuva que caiu na tarde e noite deste sábado, 12, causou alguns transtornos em Bariri. Moradores relataram queda de galhos e árvores em bairros da cidade.

De acordo com o Ipmet da Unesp de Bauru, até as 18h10, havia chovido 17,5 milímetros em média na região. Os dados do instituto apontam que os ventos atingiram 63,9 quilômetros por hora.

Pluviômetros chegaram registrar 20 mm de água próximo à Itaju. Em Bariri, medidor acumulou 68 mm durante o sábado. Bairro Viuval, 80 mm e Ponte Alta, 50 mm. A grande quantidade caída em poucas horas acabou resultando em alagamentos em pontos específicos.

Em Bariri, o córrego que passa no cruzamento da Rua Sete de Setembro e Av. Dr. Roberto M. de Andrade, próximo à gruta de Santo Expedido, transbordou e tomou as ruas, impedindo a passagem de veículos pelo local.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e atuou para desobstruir a passagem de água, bloqueada por galhos caídos. Segundo relato de moradores, não é a primeira vez que o rio transborda.

O acúmulo de água próximo ao local ocasionou o alagamento de algumas ruas. Na Rua das Indústrias houve relatos de veículo que ficou preso. A situação se normalizou pouco tempo depois, assim que a chuva diminuiu, já no começo da noite.

Bauru

Em Bauru, mais uma vez, a Nações Unidas ficou alagada. Segundo o Corpo de Bombeiros, além da avenida, houve chamados na Zona Sul por conta de quedas de árvores.

Nas proximidades da quadra 23 da Nações Unidas, uma moto que estava estacionada foi arrastada pela força das águas.

Houve, segundo os bombeiros, problemas na avenida Getúlio Vargas. Por lá, foram quedas de árvores que geraram transtornos. Também caíram árvores na região da Unesp. Até mesmo um trailer de lanches tombou.

Com informações de Jcnet