Slider

Gilson Carvalho relata que recebeu mensagens no telefone celular – Foto: Arquivo/Candeia

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bariri, Gilson de Souza Carvalho, procurou a Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência por ameaça.

Segundo declarado no documento, ele entrou em contato com a direção do Serviço de Água e Esgoto do Município de Bariri (Saemba) pedindo esclarecimentos sobre a contratação de empresa que faz serviço de limpeza e obras.

A informação recebida por Carvalho é a que a firma executava trabalho de tapa-buraco após o Saemba abrir ruas para consertos nas redes de água e esgoto.

A partir do contato com a autarquia o dirigente sindical passou a receber ameaças em seu telefone celular, mensagens apagadas logo na sequência. Carvalho conseguiu “salvar” algumas delas.

No registro na Polícia Civil o presidente do sindicato relata que o suposto autor das denúncias teria ido ao sindicato e também à casa dele.