Slider

Após ser construído por moradores do bairro, local passou a ser depredado – Foto: Divulgação

Através das redes sociais, a moradora Denise Pieri desabafa: “meu marido, eu e nossos vizinhos, juntamente com algumas pessoas do nosso bairro e mais um casal do bairro vizinho, fizemos um parquinho para que os nossos filhos e as crianças do nosso bairro tenham onde brincar. Foi trabalho e dinheiro nosso investido aqui, sem nenhuma ajuda do poder público”

“Mas, infelizmente, tem se tornado uma grande dor de cabeça. Está lotando de pessoas de outros bairros. Até aí tudo bem. O problema são as mães que trazem seus filhos e não chamam a atenção da criança, que fica balançando de pé, descendo o escorrega de pé, subindo em cima das mesas, que foram feitas com a intenção de fazer piqueniques, mas é impossível, pois as mesas estão sempre cheias de areia”

“E sexta-feira foi o cúmulo, pois, além de tudo, tentaram levar a mesinha das crianças embora, tirando uma parte dela, que estava bem enfiada no chão. O que era pra ser uma diversão para nossos filhos, tem se tornado uma grande dor de cabeça. Se todos cuidarem, vamos ter por muito tempo, mas do jeito que está indo… É fácil não ter cuidado com o que não saiu do seu bolso e nem do seu trabalho”.