Composição 1_1
Composição 1_1

O poço profundo começou a jorrar água no início de julho deste ano, após perfuração de 413 metros de profundidade, a qual teve início no fim de maio. (Robertinho Coletta/Candeia)

Nos últimos dias vários munícipes entraram em contato com Candeia para relatar falta de água em Bariri. Os principais bairros afetados seriam principalmente áreas no Centro, Jardins Nova Bariri, Santa Lucia, Maguin Villas, entre outros.
Segunda Eder Cassiola, superintendente do Serviço de Água e Esgoto de Bariri (Saemba), vários fatores causaram o transtorno.
“No domingo uma bomba d’água no Manancial queimou e prejudicou o fornecimento na cidade. Além disso, temos notado um aumento no consumo por parte da população além de um período de estiagem, que tem diminuído a produção de água”, informou.
Cassiola afirma que o município deve contratar um gerador de energia para ser utilizado no poço profundo instalado recentemente, para complementar o nível de água do manancial.
“ A solução definitiva deve vir com a instalação pela companhia de energia do poste e transformador dentro da estação de tratamento de água, que já foram licitadoss e comprado, e estamos aguardando a entrega pela empresa vencedora, que deve demorar ainda uns 30 dias.”, completou Éder.
O superintendente informa que o gerador deve ser instalado ainda nesta semana e deve suprir a demanda por água que aumenta no final do ano.