Slider

A rede municipal (creches, Emeis e escolas de ensino fundamental) recebeu estudantes durante a semana para que as famílias pudessem se organizar – Robertinho Coletta/Candeia

As escolas das redes pública e particular em Bariri interromperão definitivamente as aulas a partir de segunda-feira, dia 23, por tempo indeterminado. Durante a semana houve paralisação gradual, mas em muitas unidades de ensino os alunos não foram aos colégios.

A rede municipal (creches, Emeis e escolas de ensino fundamental) recebeu estudantes durante a semana para que as famílias pudessem se organizar. Quem não foi às unidades entre 16 e 20 de março terá a falta abonada. A partir de segunda-feira, dia 23, haverá suspensão das atividades por tempo indeterminado.

As mesmas diretrizes foram adotadas em relação às unidades vinculadas à Diretoria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Projeto Sol Maior, Clube Municipal, biblioteca, Centro Cultural, Educacional e de Exposições Mário Fava, Projeto Guri, Acessa SP e a própria diretoria de educação).

A rede estadual de ensino, que reúne 5,1 mil escolas e atende 3,5 milhões de alunos, interrompeu gradualmente as aulas na segunda-feira, dia 16. A paralisação total nas unidades de ensino será a partir de segunda-feira, dia 23.

Entre os dias 16 e 20 de março os alunos que já tinham condições de permanecer em casa com responsáveis com idade inferior a 55 anos não necessitavam ir às escolas.

O Governo de São Paulo recomendou que a medida também fosse adotada por todas as escolas particulares do Estado.

 

Particulares

 

O Colégio Max Beny Macena e a Escola Mini Mundo tiveram as aulas suspensas na quarta-feira, dia 18, por tempo indeterminado. Nos dias 16 e 17 quem não foi à escola teve as faltas abonadas.

A Cooperativa Educacional de Bariri (Coeba) adotou a suspensão provisória das aulas na quarta-feira, dia 18. No início da semana o intuito era dar suporte às famílias que ainda se organizavam. A partir de 23 de março as aulas serão suspensas em definitivo na Coeba.

O Centro Educacional Sesi irá suspender as aulas do ensino básico de todas as escolas (incluindo Bariri) a partir de segunda-feira, dia 23.

Durante a semana, para que os pais pudessem se organizar, as unidades escolares ficaram abertas. Mas os alunos que não compareceram tiveram suas faltas abonadas e não serão prejudicados por provas ou conteúdos perdidos.