Slider

Distribuição de merenda em Bariri: por causa da suspensão das aulas alunos poderão retirar kits nas escolas – Divulgação

Alcir Zago

 

A prefeitura de Bariri e a empresa Sunny Alimentação e Serviços Ltda chegaram a um entendimento sobre o fornecimento de alimentação enquanto os alunos estão fora das unidades de ensino.

A suspensão das aulas foi tomada pelos órgãos governamentais, incluindo decreto do poder público local, para que haja isolamento social diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com o prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB), serão distribuídos kits de merenda a todos os alunos das redes municipal e estadual de Bariri até o retorno às atividades escolares. Alimentos perecíveis serão excluídos do kit.

A ideia é que os alimentos estejam disponíveis na escola onde o aluno estuda pelo período de três dias. Caso não haja retirada nesse período, o item será destinado ao setor de Ação Social para pessoas carentes.

Neto Leoni diz que a Procuradoria Jurídica analisa se a oferta dos produtos será ou não por meio de aditivo ao contrato firmado com o Executivo.

A data de entrega dos kits ainda não foi definida, mas a primeira entrega deve ocorrer até o fim de abril.

Sobre a questão das férias dos profissionais do magistério, a medida está descartada no momento.

Neto Leoni diz que a prefeitura não dispõe de recursos financeiros para fazer o pagamento do direito trabalhista.

O cenário deve piorar com a queda na arrecadação por causa da redução das atividades econômicas relacionadas à pandemia.