Composição 1_1
Composição 1_1

O encontro entre o prefeito de Boraceia, Valdir de Souza Melo, Di Picapau, e o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, foi bastante informal e aconteceu em uma padaria próximo ao apartamento de Alckmin em São Paulo.
Assim que eleito, no final de 2020, Di Picapau, na época ainda vice-prefeito de Boraceia, também se reuniu para um café com Alckmin e o então prefeito Marcos Bilancieri e recebeu umas dicas sobre administração do então ex-governador de São Paulo.
Dessa vez, acompanhado da esposa Gislaine Maria Polato Melo, Di Picapau foi ao encontro do Alckmin para solicitar recursos para Boraceia, especialmente para a Saúde, Educação e Ação Social.
“É sempre um prazer enorme estar com o amigo, governador e agora vice-presidente do Brasil Geraldo Alckmin. Falamos sobre as conquistas recentes da nossa cidade, da nossa evolução, do que precisamos para reforçar ainda mais o atendimento nas áreas da saúde, educação e no social. Marcamos uma visita oficial em Brasília, um novo encontro com Alckmin, para buscarmos novas conquistas para nossa cidade. O trabalho não para, são sete dias por semana, a toda hora do dia, nosso compromisso é com Boraceia, é cuidar da nossa gente, cuidar das pessoas”, afirmou direto de São Paulo, o prefeito Di Picapau.
O novo encontro deve acontecer no início de julho, no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente e local onde ele trabalha diariamente.
“Vamos aumentar nossa lista de pedidos, temos o nosso projeto de turismo, apresentamos o vídeo maquete do projeto para o Alckmin e ele aprovou a ideia, vamos pedir seu apoio junto ao Ministério do Turismo, para a execução da segunda parte do nosso projeto de incluir Boraceia no mapa turístico do Brasil”, concluiu.

Geraldo Alckmin com o prefeito de Boraceia, Di Picapau, e a primeira-dama do município, Gislaine | Divulgação

Da Redação