Slider

Em Sta. Cruz do Rio Pardo, bombeiros aguardam para entrar no rio para resgate de vítima de afogamento

O número de mortes por afogamento na região somente nos 19 primeiros dias de novembro já superou o total de ocorrências atendidas pelos bombeiros – entre vítimas salvas e não salvas – durante o mês inteiro nos anos de 2015, 2016 e 2017. Apenas no feriado prolongado, quatro pessoas perderam a vida depois de se afogarem em rios de quatro cidades (leia mais abaixo).

Segundo levantamento do Corpo de Bombeiros, em novembro de 2015, foram registradas três ocorrências de afogamento na região – nas áreas de Botucatu, Avaré e Piraju. Em 2016, no mesmo mês, o número de atendimentos foi igual – Botucatu, Avaré e Itatinga.

No ano passado, foram registrados dois afogamentos em novembro, nas regiões dos grupamentos de Bauru e Piraju. Os casos, de acordo com os bombeiros, incluem resgates de pessoas em locais de risco e localização de corpos de pessoas que se afogaram.

A corporação ainda não disponibilizou a quantidade de afogamentos registrados apenas neste mês, mas uma contagem extraoficial feita pelo JC revela que, apenas no feriado prolongado, quatro pessoas morreram afogadas em quatro municípios da região.

As mortes já superam os casos de afogamento registrados nos últimos três meses de novembro na região. Em todo o ano de 2015, os bombeiros registraram 27 ocorrências de afogamento. Em 2016, foram 44 e, em 2017, 40. Neste ano, até a primeira quinzena de novembro, foram 24 atendimentos de afogamento.

AS OCORRÊNCIAS

Os casos mais recentes de afogamento foram registrados neste final de semana. No domingo (18), por volta das 14h, Jenifer do Prado Leandro, de 15 anos, se afogou no Ribeirão dos Porcos, em Itápolis (100 quilômetros de Bauru), quando nadava com amigos.

O corpo dela ficou mais de duas horas submerso até ser encontrado por moradores da região, que auxiliaram os bombeiros nas buscas. A corporação só teria sido acionada cerca de uma hora após o afogamento porque o local não tem sinal de celular.

Na tarde de sábado (17), José Celestino da Silva Filho, 51 anos, desapareceu no Rio Tietê, em São Manuel (69 quilômetros de Bauru), quando nadava na altura de um porto de areia, quase na divisa com Igaraçu do Tietê. O corpo dele foi achado por volta das 19h.

MAIS MORTES

Na manhã da última sexta-feira (16), o Corpo de Bombeiros já havia localizado os corpos de outro adolescente, de 16 anos, e de um jovem de 20 anos que desapareceram na quinta-feira (15) quando nadavam com amigos em rios de dois municípios.

O primeiro a ser encontrado foi Diogo da Silva Ferreira, de 20 anos. De acordo com o registro policial, ele se afogou no final da tarde do feriado quando nadava no Rio Tietê, na prainha de Igaraçu do Tietê (71 quilômetros de Bauru).

A outra vítima de afogamento é Sansuilli dos Reis de Jesus, 16 anos, que desapareceu por volta das 13h30 no Rio Pardo, em Santa Cruz do Rio Pardo (90 quilômetros de Bauru), ao tentar salvar a irmã de 14 anos, que estava se afogando. A menina conseguiu chegar até a margem, mas o adolescente se afogou.

Fonte: Jcnet