Composição 1_1
Composição 1_1

Sessão da Câmara de Bariri: gasto por habitante em 2023 foi de R$ 30,97, o segundo menor do Estado | Alcir Zago/Candeia

A Câmara Municipal de Bariri tem o segundo menor gasto per capita do Estado, conforme levantamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE), com dados relativos ao ano passado.
O Legislativo teve em 2023 uma despesa liquidada com pessoal e custeio per capita de R$ 30,97. Apenas São João da Boa Vista teve gasto menor (R$ 30,00).
Em Bariri, a Câmara somou no ano passado despesas de R$ 978.361,01 para uma população de 31.595 habitantes.
Segundo o TCE, com 6.908 vereadores distribuídos no interior, litoral e cidades da Grande São Paulo, as 644 Câmaras Municipais do Estado de São Paulo (exceto a da Capital) consumiram um montante de R$ 3.702.589.231,51 ao longo de 2023.
Em relação ao ano anterior, houve um aumento de 12,66% nas despesas para manutenção dos plenários que abrigam entre 9 e 34 cadeiras de vereador.
Os recursos empregados no custeio e no pagamento de pessoal, frente a uma população estimada em 32.959.239 habitantes, segundo dados do IBGE, representam uma média per capita de R$ 112,34 por habitante. No ano anterior, a despesa per capita era de R$ 99,69 por habitante.
Em comparação ao ano anterior, que consumiu R$ 3.286.537.219,32 em 2022, houve um aumento de 12,66% nas despesas nas Câmaras Municipais – valor acima da inflação de 4,62% (IPCA) do período. Os gastos em 2023 trouxeram um aumento de R$ 416.052.012,19 nos custos da manutenção das casas legislativas.