Composição 1_1

Homem de 53 anos acusado de ter estuprado enteada de 13 anos em Bariri foi preso na manhã de 4 de novembro pela Polícia Militar (PM) no Sítio Santo Antonio, em Bocaina.
Ele portava uma faca, que foi apreendida. Havia mandado de prisão temporária contra o homem, pedido feito pela Polícia Civil de Bariri ao Judiciário.
Ele fugiu após tomar conhecimento da elaboração de boletim de ocorrência na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú no fim de outubro.
O caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil assim que a irmã da vítima tomou conhecimento do delito.
A investigação aponta que desde os 7 anos de idade a menina vinha sendo estuprada. Todos residem em Bariri.
Exame de corpo de delito feito pelo Instituto Médico Legal (IML) confirmou que houve conjunção carnal com a adolescente.
Conforme o Código Penal, o estupro de vulnerável caracteriza-se pela conjunção carnal ou pela prática de outro ato libidinoso com menor de 14 anos. A pena é de reclusão de oito a 15 anos.
Assim que o inquérito for concluído, será remetido ao Ministério Público (MP), a quem cabe oferecer a denúncia ao Judiciário.