posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

O objetivo é disponibilizar vagas para pessoas desempregadas – Divulgação

 

As inscrições para o programa Bolsa do Povo foram prorrogadas até o dia 3 de setembro, sexta-feira. A ação lançada pelo Governo do Estado de São Paulo e administrada no município de Bariri pela Diretoria de Ação Social, tem como objetivo disponibilizar vagas para desempregados, priorizando as mulheres. A iniciativa visa promover a retomada de emprego e renda para pessoas que estão em situação de vulnerabilidade.

O programa Bolsa Trabalho oferecerá bolsas no valor de R$ 535,00 mensais aos cidadãos que realizarem atividades de trabalho nas unidades públicas municipais. A carga horária de trabalho será de 4 horas diárias, cinco dias por semana, e o benefício poderá ser pago por cinco meses consecutivos. Além disso, os participantes realizarão um curso de qualificação profissional e receberão apoio à empregabilidade, por meio dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs).

Os inscritos poderão escolher seis opções de cursos profissionalizantes virtuais da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), com duração de 80 horas: Auxiliar de Controle de Produção e Estoque; Gestão Administrativa; Gestão de Pessoas; Organização de Eventos; Rotinas e Serviços Administrativos; e Secretariado e Recepção.

 

Quem pode realizar a inscrição?

 

Serão aceitas inscrições dos munícipes de Bariri, desempregados, maiores de 18 anos e com renda familiar de até R $550 por pessoa (equivalente a meio salário mínimo). Poderá ser beneficiado apenas 01 membro por família.

Os interessados poderão realizar a inscrição até o dia 3 de setembro, por meio do site do Bolsa do Povo (www.bolsadopovo.sp.gov.br). Quem não possuir acesso à internet ou tiver dificuldades para realizar a inscrição, poderá procurar a Diretoria de Ação Social, localizada na Av. Claudionor Barbieri, 705, Centro, portando RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de endereço. O atendimento será das 8h às 11h e das 13h às 16h.

A seleção ocorrerá até 8 de setembro e a convocação será feita por meio de publicação no Diário Oficial. O critério de seleção será baseado no questionário socioeconômico, com priorizações de mulheres arrimo de família (única responsável pela subsistência da família), maiores encargos familiares, tempo de desemprego e maior idade.