Composição 1_1

Setores industrial e comercial em Bariri tiveram redução do número de ligações elétricas, mas registraram aumento no consumo entre 2022 e 2021 (Arquivo/Candeia)

O município de Bariri consumiu menos energia elétrica em 2022 em comparação a 2021. A informação consta no Anuário Energético por Município no Estado de São Paulo, divulgado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística.
O documento apresenta o gasto em quilowatt-hora (kWh) total e também por fontes de consumo (veja quadro).
Em relação ao gasto total, em 2022 o consumo em Bariri foi de 81.320.609 kWh, 2,2% a menos que no ano anterior (83.229.493 kWh).
Já os setores econômicos consumiram mais energia no ano passado no comparativo a 2021. Uma explicação é que em 2021 a pandemia da Covid-19 havia restringido o consumo em vários segmentos, com menos utilização desse insumo. Em 2022 as restrições sanitárias continuaram, mas foram abrandadas ao longo do ano.
No caso do comércio, o aumento no consumo foi de 1,3%. A indústria teve alta no gasto de energia elétrica de 8,9%.
É preciso destacar que a energia elétrica é um dos itens mais importantes nos processos de fabricação de produtos, e a indústria em Bariri tem forte peso na economia, com muitos empregos gerados.
Já o consumo residencial teve redução de 2,4% entre os dois anos.

Consumidores

O anuário energético apresenta também o número de consumidores de energia elétrica. Trata-se do quantitativo de ligações feitas, conforme a fonte de consumo. Em Bariri no ano passado havia 15.631 unidades consumidoras.
De acordo com o documento da secretaria estadual, as ligações residenciais aumentaram entre 2021 e 2022, refletindo a construção de novas moradias.
Já as ligações industriais e comerciais caíram entre os dois anos, apesar de terem registrado maior consumo de energia elétrica entre os dois anos.