posto-santa-lucia-novo-2017
pró_sp3-01

A empresária Carolina Bicudo da Silva deixou a presidência do Conselho Municipal de Turismo de Bariri (Comtur) para, segundo ela, investir em projetos próprios. A decisão foi comunicada na semana passada ao chefe do Executivo e demais conselheiros.
No relato, ela admite dificuldade de cumprir agenda de projetos através do Comtur. Afirma que alguns fatores – como burocracia e diferentes prioridades – têm tornando a parceria com o poder público cada vez mais difícil e conflitante. Segundo ela, isso ocorreu, por exemplo, na feira gastronômica Buona Cocina.
No entanto, reconhece o apoio que já recebeu da prefeitura de Bariri e destaca a união de esforços entre público e privado, que resultou, por exemplo, no projeto de revitalização do parquinho do Lago Municipal Prefeito Accácio Masson.
Comenta que divergências existem em todos os setores de atuação e que é sinal de maturidade saber lidar com elas. No caso dela, foi admitir que o esforço necessário para atuar no Comtur estava impedindo de se dedicar aos projetos pessoais. Por isso, achou por bem deixar a presidência e intensificar a agenda de ações próprias.
Relata que quando integrou o conselho tinha algumas preocupações. Uma era mostrar aos envolvidos – conselheiros e empresários – que é preciso “caminhar com as próprias pernas”. Ter apoio e parceria com o poder público, mas conseguir independência com coragem e criatividade.
Outra preocupação era conseguir inserir Bariri no programa Municípios com Interesse Turístico (MIT), que pode render recursos anuais para o município. Acredita que mesmo fora do Comtur pode contribuir para que esses planos se tornem efetivos.

Carolina diz que o esforço necessário para atuar no Comtur estava impedindo de se dedicar aos projetos pessoais.

Da redação