Slider

A comunidade escolar da Ephigênia teria rejeitado a proposta e a unidade não deve aderir ao ensino médio integral.

Governo do Estado

O Candeia apurou que a EE Profª Ephigênia Machado Fortunato de Bariri não deve manifestar interesse em aderir ao Programa Ensino Integral (PEI), proposto pelo governo do Estado para o Ensino Médio. De acordo com a equipe gestora, a comunidade escolar rejeitou a proposta e a decisão seria comunicada à Diretoria de Ensino de Jaú.
A Escola Ephigênia estava relacionada para implantação do PEI, uma vez que já participa da Escola em Tempo Integral (ETI), que é direcionado ao Ensino Fundamental II. As unidades escolares tinham que manifestar interesse até ontem, sexta-feira, 13.
Quarta-feira, 11, o governo de São Paulo publicou no Diário Oficial do Estado a resolução que garante a expansão do Programa Ensino Integral (PEI).
O documento institui as diretrizes para a expansão, e garante entre outros pontos que as unidades que aderirem ao programa poderão ofertar turmas noturnas de Ensino Médio ou na modalidade de Educação de Jovens e Adultos.
O texto ainda estabelece que para haver o processo de adesão, a Diretoria de Ensino deverá fazer reuniões formativas com os diretores, e estes, por sua vez, ficarão responsáveis pelo engajamento e escuta da comunidade escolar.
O modelo permite que os professores atuem em regime de dedicação integral a uma escola, com mais tempo para estudo e preparação de aula. Para isso, recebem uma gratificação de 75% sobre o salário-base.
Os docentes que estiverem lecionando nas escolas que aderirem ao programa terão prioridade para nelas permanecerem. A resolução traz mais uma novidade: o cargo destes professores, anteriormente transferido para outras unidades escolares, permanecerá naquela que aderir ao programa. Já os docentes que não quiserem ou não permanecerem no PEI ainda poderão trabalhar em uma escola próxima.
Segundo a equipe gestora, as alterações e novidades contidas na resolução, no entanto, não devem mudar o posicionamento da comunidade escolar.

(Com informações da Assessoria de Comunicação e Imprensa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo)