Slider

Evento informativo foi realizado no dia 27 de setembro em frente do hospital jauense – Foto: Luiz Carlos de Oliveira

A Santa Casa de Jaú comemorou o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos no dia 27 de setembro com orientações sobre doações e testes de glicemia.
O objetivo da data é conscientizar a população sobre a importância de ser um doador de órgãos. Centenas de pessoas receberam folders sobre o tema e foram orientadas durante o evento, na entrada principal do hospital, pela Rua Riachuelo.
A Santa Casa de Jaú mantém uma Comissão Intra-Hospitalar de Transplante (CIHT) especializada em procedimentos de captação de múltiplos órgãos.
É composta por uma equipe de multiprofissionais que organiza, no âmbito da instituição, rotinas e protocolos que possibilitam o processo de doação de órgãos e tecidos para transplantes. Em mais de 11 anos de atividade a CIHT realizou 678 procedimentos de captação de órgãos, entre eles três corações.
Embora em Jaú a grande maioria das famílias autorize a captação, o principal obstáculo para a efetivação da doação no País é a recusa familiar – mais de 40 % das famílias não aceitam doar os órgãos dos parentes.
Para ser doador de órgãos não é necessário nenhum documento escrito, apenas manifestar seu desejo aos familiares, em vida.
São os parentes do possível doador que irão consentir ou não a doação de órgãos. Por esse motivo, é tão importante falar com os parentes sobre o assunto e os informar corretamente sobre o tema.