Slider

Município tenta comprar vacina direto da Rússia; prefeito encontra-se com deputados – Divulgação

 

O vice-prefeito de Jaú, Tuco Bauab, viajou a Brasília nesta segunda-feira (22) para formalizar junto à Representação da Rússia no Brasil a intenção de compra da vacina contra a Covid-19 Sputnik V, que ainda nem se encontra sob a análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso emergencial no país.

Paralelamente, na capital paulista, o prefeito Ivan Cassaro (PSD) pediu aos deputados federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e estadual Gil Diniz (sem partido) empenho para tentar viabilizar a vacinação em massa em Jaú.

Nesta segunda-feira, 13 mortes pela doença foram registradas na cidade e novo decreto foi publicado flexibilizando as regras da fase vermelha.

O ofício em que Cassaro declara a intenção de comprar a vacina russa e afirma que os recursos já estão disponíveis foi entregue por Bauab ao diplomata e chefe da Representação Comercial da Rússia no Brasil, Viktor Vadimovich Sheremetker.

“Ciente da necessidade de aprovação da Anvisa para efetivar a compra, o prefeito solicita intervenção do diplomata no fornecimento de meios para negociar o preço da vacina e as condições de compra”, explica a prefeitura de Jaú em nota.

 

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru