Slider

Os alimentos carregam inúmeros tipos de bactérias que podem causar inflamações e intoxicações – Divulgação

Os brasileiros estão cada vez mais preocupados com a alimentação. No entanto, os cuidados com a alimentação vão muito além das escolhas.

O processo de higienização dos alimentos é uma etapa muito importante ainda mais em tempos de pandemia.

Hortaliças, frutas e vegetais são produzidos no meio ambiente e carregam bactérias, vírus e parasitas. Por isso, é fundamental checar o estado dos alimentos no momento da compra. Esses cuidados devem ser ainda mais severos com relação à carne bovina, de frango e peixes.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a intoxicação alimentar é um problema mundial e crescente. São 582 milhões de pessoas que adoecem, e destas, 351 mil morrem por ingestão de alimentos contaminados.

A contaminação por alimentos pode causar mais de 200 tipos de doenças, desde diarreia até câncer. Os principais agentes de transmissão são a salmonella typhi, e.coli e o novovírus. Há ainda riscos em alimentos de origem animal crus, em frutas e vegetais contaminados com fezes e em mariscos com biotoxinas marinhas.

“Não basta utilizar somente água corrente. A água apenas retira a sujeira superficial. A primeira dica: se o preparo do alimento for realizado antes do consumo, o ideal é colocar o item escolhido em um saquinho plástico aberto dentro da geladeira por uma hora, ressalta Daniela Lasman, nutricionista da Bodytech Iguatemi São Paulo.

Segundo ela, desta maneira, a temperatura do alimento diminui e não há a absorção de microrganismos no momento da higienização. Se a compra for feita no dia anterior, a sugestão é guardar o alimento na geladeira e só higienizar na hora do preparo.

Segundo os especialistas, a higienização deve ser realizada da seguinte maneira: retire todas as partes estragadas, passe todos os alimentos em água corrente e faça uma mistura 1 litro de água e uma colher de bicarbonato de sódio ou com duas colheres de vinagre. Deixe todos os alimentos mergulhados nessa solução em um recipiente por 15 minutos. Com a ajuda da escova Lava Legumes, retire todas as impurezas que ainda estão nos alimentos, para finalizar, passe todos os itens na água corrente novamente.

Segundo a Anvisa, o Brasil é o país que mais consome agrotóxicos no mundo. Muitas frutas, verduras e legumes têm concentração de produtos químicos acima do permitido. Se a opção for consumir alimentos orgânicos é importante exigir o selo de certificação do produto. Há diversas feiras de verduras, legumes e frutas orgânicas espalhadas pelo Brasil. Para saber onde fica a feira mais próxima basta acessar o site: https://feirasorganicas.org.br/.

Outra dica: faça a sua própria horta. É possível plantar os alimentos preferidos em qualquer lugar, independentemente do espaço. Além de ser uma maneira eficaz de garantir a origem dos itens, você terá um momento de terapia.

 

Fernanda Sene

Assessora de Imprensa