Slider

Médica Aline Franco Gonçalves é responsável pelo ambulatório da Central de Operações de Emergência ao Coronavírus – Divulgação

Desde que foi instalado em Bariri, no dia 23 de março, o ambulatório da Central de Operações de Emergência ao Coronavírus realizou o atendimento de 80 pessoas até o momento. A unidade foi implementada no Centro de Saúde Dr. Constantino Galízia.

A médica Aline Franco Gonçalves, responsável pelo ambulatório, explica que toda pessoa com síndrome gripal é suspeita de ser portadora da Covid-19. Por isso, a orientação após o atendimento é o isolamento domiciliar e o reforço dos cuidados de higiene.

“Enfatizo que os exames para a Covid-19 só são realizados para pacientes com síndrome respiratória aguda grave internados e para profissionais de saúde sintomáticos, sendo essa orientação vinda do Grupo de Vigilância Epidemiológica de Bauru”, diz a médica. O ambulatório funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h.

Não há necessidade de encaminhamento para que a pessoa seja atendida no ambulatório. Qualquer pessoa com síndrome gripal suspeita do novo coronavírus pode procurar diretamente a unidade situada na Avenida Dr. Antonio Galízia, 107, telefone para contato (14) 3662-1948.

 

Volta da rotina

 

Por causa da instalação do ambulatório no local foram remanejados todos os atendimentos que antes eram realizados no Centro de Saúde para outras unidades como Estratégia Saúde da Família (ESF) 1, Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Nova Bariri e Centro de Diagnose, assim como as consultas dos especialistas que estão em atendimento diferenciado após triagem da enfermagem.

De acordo com a diretora municipal de Saúde, desde segunda-feira, dia 27, as quatro unidades de ESF em Bariri voltaram à rotina normal de atendimento. O Soma 2 e a UBS do Jardim Nova Bariri também estão com as rotinas normais.

Durante o mês de abril os postos atenderam apenas a casos de urgência e em período reduzido.

Irene diz que o Centro de Saúde continua a atender como ambulatório da Central de Operações de Emergência ao Coronavírus até que haja alteração no atendimento, definição que cabe à Secretaria Estadual de Saúde.

 

Profissional do Mais Médicos

 

A médica Aline Franco Gonçalves atua em Bariri como médica do programa Mais Médicos pelo Brasil desde 2015.

O programa atua com seus médicos em diferentes municípios do País, em regime de contrato ou como prestador de serviço. Não há plano de carreira nem estabilidade como servidores públicos, pois os profissionais são caracterizados como bolsistas.

“É importante esclarecer que minha atuação no ambulatório se deu por ser esta a unidade de saúde onde já atuava como médica no município e em acordo diretamente com a diretora de saúde”, diz Aline.