Slider

Marlete Zenatti Gianti e Valdir de Souza Melo, Di Picapau, na cerimônia de posse dos eleitos – Divulgação

Projeto de parque às margens do Rio Tietê – Divulgação

A cerimônia de posse do novo prefeito, do vice-prefeito e dos nove vereadores eleitos em Boraceia para o período entre 2021 e 2024 foi realizada de maneira presencial, porém, sem convidados, apenas familiares dos eleitos.

A sessão solene aconteceu na sexta-feira (1º) nas dependências do Centro Cultural “Nê Pereira” e foi transmitida ao vivo nas redes sociais da prefeitura de Boraceia e da Bariri Rádio Clube.

Eleito com 66,49% dos votos, Valdir de Souza Melo, Di Picapau, (PSDB) terá ao seu lado Marlete Zenatti Gianti (DEM). Di Picapau assumiu seu primeiro cargo eletivo em 2008, sendo o vereador mais votado naquela eleição.

Em 2012 foi eleito vice-prefeito e reeleito em 2016 na chapa encabeçada por Marcos Bilancieri. Já Marlete foi eleita pela primeira vez em 2016, foi a mais votada e presidiu o Poder Legislativo no biênio 2019-2020. Marlete também exerceu o cargo de primeira-dama de 2008 até 2012, quando seu marido, Osvaldo Gianti, foi prefeito de Boraceia.

Em seu discurso de posse, o prefeito reafirmou seu compromisso com a cidade. “Estaremos a postos para lutar, cuidando das pessoas para que o trabalho siga em frente. Agradeço e tenho clara noção da responsabilidade e dos desafios que estão por vir. Temos um programa e sabemos o rumo que deve ser seguido. Mas mantenho a humildade necessária para manter meus ouvidos abertos para ouvir sugestões e críticas da população, que é a prioridade da nossa administração”, disse durante a solenidade de posse. Di Picapau também agradeceu ao apoio da família, esposa Gislaine Polato Melo, dos filhos Laís e Rodolfo, além dos pais José e Terezinha.

Marlete agradeceu a confiança da população e reafirmou seu desejo de ser uma vice-prefeita atuante. “Essa sintonia o prefeito e a vice trará bons frutos para o município. Quero ser uma vice-prefeita atuante, estando ao lado do Di Picapau durante a administração. Vamos trabalhar com foco na educação, saúde, geração de emprego e cuidado com as pessoas”, afirmou.

 

Projetos prioritários

 

Após a posse, Di Picapau apresentou quatro projetos que são considerados prioritários para a nova administração municipal. Na área da educação, o projeto é adotar o ensino em tempo integral em 2022.

Com uma educação avaliada com nota 7,0 no Ideb (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica), tanto ele quanto a vice-prefeita, Marlete, acreditam que o ensino em tempo integral trará benefícios importantes para o ensino na cidade.

Di Picapau também anunciou que a administração municipal já está negociando a compra de uma nova área de terra, três alqueires, 72,600 metros de área para instalação do 3º Distrito Industrial. Com recursos em caixa, o terceiro projeto, será o prolongamento da Avenida João Massucato, além do Jardim Planalto, sentido ao Bairro Taquaral.

O quarto projeto está ligado ao fomento do turismo. O projeto contempla a construção de um parque às margens do Rio Tietê com palco (concha acústica), arquibancada e quadra multiesportiva de areia, tudo com visão privilegiada para o rio.