posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

Através das redes sociais, Paulinho Lopes e Jerri Neiva lançaram pré-candidatura a prefeito e vice-prefeito de Itaju – Divulgação

Paulo José Lopes (PL), 47 anos, e Jerri Souza Neiva (PSDB), 50, lançaram essa semana pré-candidatura a prefeito e vice-prefeito de Itaju. Eles devem representar opção de voto de oposição à indicação do atual prefeito, José Luís Furcin (DEM), que ainda não anunciou candidato a sucessor (leia box).

A dupla deve receber aval da coligação em convenção partidária a ser realizada, inicialmente, em agosto. O cronograma eleitoral pode sofrer alteração, conforme projeto de lei que adia as eleições de 2020. Além do PSDB e PL, a pré-candidatura conta ainda com o partido Republicanos.

Na eleição anterior Paulinho Lopes foi eleito vereador mais votado em Itaju. Conta que na época tinha pensado em disputar o cargo de chefe do Executivo. Mas como havia iniciado o curso de Direito, achou difícil conciliar as duas coisas. Então optou pela Câmara.

Paulinho, que sofreu revés ao ter mandato cassado pelo Legislativo, afirma que parte da população tem solicitado que ele dispute o cargo majoritário. “São pessoas comprometidas, que querem o melhor da cidade”, comenta.

Jerri Neiva relata que, inicialmente, a ideia era lançar candidatura a vereador. O publicitário, que é paulistano, acredita que hoje tem compreensão da vida em Itaju e de seus problemas. “Com humildade, acho que posso colaborar na tentativa de solução”, pondera. Por isso, quando foi convidado por Paulinho para integrar a chapa, para aceitar levou em conta essa demanda e possibilidade colaborar com o município e a população que o acolheu.

A dupla acredita que, numa possível eleição, emprego e saúde devam ser tratados com urgência, por isso serão prioridades em eventual plano de governo. Contam que, através de reuniões com o grupo, antes presenciais e agora virtuais, definiu-se que a principal bandeira da candidatura será “justiça social, igualdade de direitos e deveres”.

Apostam, ainda, em atos administrativos que possam gerar mais empregos e melhor qualidade de vida para os itajuenses. “Sentimos a cidade estagnada, acreditamos que uma mudança seja benéfica e nos sentimos preparados para essa missão”, comenta Paulinho.

Vereador por cinco mandatos, Paulinho está cursando o último ano da Faculdade de Direito na Unip-Bauru e atua como autônomo em Itaju.

Jerri Neiva cursou desenho publicitário, criação e ilustração e foi assessor do deputado Mendes Thame (PSDB). É casado com Fátima Camargo Guimarães, prefeita de Itaju por quatro mandatos. Durante a sua última gestão, Jerri colaborou na prestação de serviços administrativos e operacionais.

 

Situação discute candidatura

 

O Candeia apurou que o grupo de situação em Itaju estaria trabalhando com três nomes para a disputa do cargo de prefeito. Até o momento, nada foi acertado.

O maior entrave seria com relação à mudança de data do pleito pelo Congresso Nacional.

O jornal tentou entrar em contato com o prefeito de Itaju, José Luís Furcin (DEM), mas não houve retorno do chefe do Executivo em relação à sucessão municipal. Furcin não pode ser candidato porque foi reeleito em 2016.