Composição 1_1
Composição 1_1

Críticas à atual gestão e temas polêmicos na Palavra Livre agitaram a segunda sessão do mês de abril – Robertinho Coletta/Candeia

Dia 15, segunda-feira, a Câmara de Vereadores de Bariri realizou a segunda sessão ordinária do mês de abril. Nenhum novo projeto foi colocado em votação e a sessão acabou sendo marcada pela Palavra Livre. Houve somente a segunda votação de dois projetos do Legislativo aprovados na sessão anterior.
Sete vereadores se inscreveram para falar e os debates acabaram envolvendo praticamente todo o Legislativo. Os vereadores da oposição – Armando Perazzelli (PV), Francisco Leandro Gonzalez (PPS), Luís Carlos de Paula (MDB), o Paraná, e Vagner Mateus Ferreira (PSD), o Vaguinho – criticaram recentes atos administrativos, em especial a aquisição 3.858 ovos de Páscoa por R$ 76.774,20 (R$ 19,89 cada).
Segundo Perazzelli, no ano passado o Executivo comprou itens da mesma empresa (Delma A. de Mello Alimentos-ME) por R$ 4,89 cada ovo. Perazzelli disse que neste ano o produto foi maior (200 gramas contra 150 gramas da licitação realizada em 2018), mas que mesmo assim a diferença de preço não se justificava.
Vereadores da situação como Evandro Antônio Folieni (PSDB) e Ricardo Prearo (DEM) defenderam a administração municipal. Afirmaram que os ovos adquiridos no atual governo são de melhor qualidade e que os itens comprados em 2018 eram feitos à base de gordura vegetal hidrogenada.
A oposição ainda criticou imbróglio envolvendo a Orquestra de Violas de Bariri e o setor de Cultura. Os artistas teriam sido impedidos de continuar os ensaios no Centro Cultural Mário Fava, por questões políticas. A situação garantiu que se houve essa decisão, ela teria sido tomada à revelia do prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB) e que o assunto estava sendo revisto.
Outros assuntos debatidos durante a Palavra Livre foram problemas nas contas de água, luz e telefone; limpeza das praças; caso do bebê Lorena e a não criação de Comissão Especial de Inquérito (CEI); crítica ao rol de prioridades da atual gestão; suposta falta de empenho da Procuradoria Municipal em relação à atual gestão; devolução do resíduo do duodécimo legislativo; novas ambulâncias; falta de fisioterapeuta no PSF 4; e problemas com novos uniformes.
O vereador Benedito Antônio Franchini (PTB) ressaltou recentes medidas tomadas pela gestão municipal, segundo ele positivas, como aumento dos repasses ao auxílio transporte de estudantes; e aumento real do salário de servidores e do valor vale alimentação.

Outras propostas

Durante a sessão entraram em tramitação cinco novos projetos. Quatro deles de autoria do Executivo e versam sobre reedição do Programa Alimentar do Município (PAM); créditos adicionais ao orçamento/2019; alteração na lei 4.196/2012, que trata de direitos da criança e adolescente.
Um único projeto de autoria do Legislativo concede vale alimentação adicional ao servidor do Legislativo que não apresentar atestado médico no ano.
Os vereadores ainda apresentaram um requerimento, duas moções e cinco indicações de obras e serviços ao Executivo.
Bom público compareceu à sala de sessão para acompanhar os trabalhos do Legislativo, que foram transmitidos ao vivo através do site oficial da Câmara, da Rádio Cultural e páginas no Facebook de órgãos de imprensa.

Resumo dos trabalhos do Legislativo

 

PROJETOS APRESENTADOS

21/2019 – Dá continuidade ao Programa Alimentar do Município (PAM) de Bariri, que subvenciona com alimentos sete entidades assistenciais de Bariri.

22/2019 – Autoriza abertura de crédito adicional especial, no valor de R$ 48.195,97, destinado a atender serviços de Saúde.

23/2019 – Abertura de crédito adicional especial, no valor de R$ 164.496,62, destinados a atender serviços de Saúde.

24/2019 – Reformula a lei 4.196/2012, que trata de política municipal dos direitos das criança e adolescente de Bariri.

04/2019 – Concede vale alimentação adicional ao servidor do Legislativo que não apresentar atestado médico no ano.

REQUERIMENTOS

29/2019 – Armando Perazzelli, subscrito por três vereadores, requer informações sobre a situação do processo de desocupação que envolve Núcleo Habitacional Osório Oréfice, nos altos da cidade. Aprovado por unanimidade.

MOÇÕES

11/2019 – Armando Perazelli, subscrito por três vereadores, apresenta moção de repúdio ao chefe do Executivo pela ordem de retirar a os ensaios da Orquestra de Viola de Bariri do Centro Educacional, Cultural e de Exposições Mário Fava. Aprovada por maioria de votos.  

12/2019 – Os mesmos vereadores apresentam moção de aplausos a Carlos Alberto Canassa, Betinho Canassa, pelos 10 anos de o programa Limite do Rodeio, na Bariri Rádio Clube. Aprovada por unanimidade.

INDICAÇÕES

24/2019 – Benedito Antônio Franchini indica aquisição de novos jogos de bola de bocha para o Clube Municipal.

25/2019 – Luís Carlos de Paula propõe reparo na calçada da Avenida Perimentral Prof. Carlos Ferreira de Moraes, ao lado da EM Prof.ª Rosa Benatti.

26/2019 – O mesmo vereador solicita ao setor de Trânsito pintura de faixas de pedestre em diversas vias públicas próximas ao Supermercado Aquilante Loja 2.

27/2019 – O mesmo vereador indica ao setor de Trânsito obstáculo (lombada) na Rua Bahia, entre as vias José Masson e Pará.

28/2019 – De Paula indica recapeamento da Avenida José Gonçalves Preto e Ruas Maranhão, Tupi e Pernambuco.

Bom público acompanhou os trabalhos do Legislativo na sala de sessão; rádios e jornais transmitiram ao vivo – Alcir Zago/Candeia