Slider

A entrega da placa comemorativa teve a participação da mesa diretora, do prefeito e vice e do autor do projeto – Robertinho Coletta/Candeia

Segunda-feira, 2, a Câmara de Vereadores de Bariri fez entrega do Prêmio Zumbi dos Palmares à Maria Conceição dos Santos, 66 anos. A sessão solene, realizada após a ordinária, foi marcada por emoção e reconhecimento ao trabalho voluntário da moradora do Bairro do Livramento (Igrejinha).
A solenidade, presidida pelo vereador Ricardo Prearo (DEM), contou com a presença do prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB) e vice-prefeita Maria Pia Betti Pio da Silva Nary (PP), que integraram a mesa diretora. Houve ainda a participação de presidentes e integrantes de conselhos municipais, líderes partidários, comunitários e familiares da homenageada.
A sala de sessão Dr. Amélio Tanganelli recebeu bom público. Dos vereadores, somente Armando Perazelli (PV) não compareceu, devido a um problema de saúde na família.
A indicação para homenagear Maria Conceição partiu da comunidade negra, através do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra e da Associação Cultural Quilombo de Bariri.
Coube ao vereador Luís Carlos de Paula (MDB), o Paraná, autor do projeto na Câmara, iniciar os pronunciamentos, fazendo a leitura do decreto legislativo que concedeu o prêmio e da biografia da homenageada.
Depois, praticamente todas as autoridades presentes e vereadores fizeram uso da palavra para enaltecer o trabalho voluntário de Maria Conceição, sua devoção à Nossa Senhora Aparecida e a torcida fanática ao time de futebol do Livramento.
Destaque para Gilberto Camargo, presidente do Conselho da Comunidade Negra, que durante sua fala leu um poema que retrata as vivências, inquietações, dores e experiências da mulher negra no Brasil.
A entrega da placa comemorativa teve a participação da mesa diretora, do prefeito e vice e do autor do projeto.
Maria Conceição, que fez questão de permanecer na mesa com a imagem de Nossa Senhora Aparecida, agradeceu a homenagem e reforçou devoção à Nossa Senhora. E não esqueceu de conclamar integrantes da comunidade a participar do jogo do time do Livramento: solteiros X casados (de saia), na confraternização de final de ano.

Vida de luta e trabalho

Maria Conceição é conhecida no bairro do Livramento (Igrejinha), onde reside desde a infância e atua junto à comunidade mais carente. Com eles, divide duas paixões: a devoção à Nossa Senhora Aparecida e a torcida ao time de futebol dos garotos do Livramento.
Há 14 anos Maria Conceição dos Santos realiza festa comunitária no Dia das Crianças, em devoção a Nossa Senhora da Conceição Aparecida, que reúne centenas de crianças do Livramento e região. A programação prevê missa, novena e distribuição de doces e salgados.
Além de torcedora fiel e grande incentivadora do time do Livramento, voluntariamente ajuda na lavagem dos uniformes. É comum vê-la em meio à torcida, com suas roupas coloridas.
Maria Conceição ainda traz no currículo importante tradição: foi durante muitos anos integrante da ala das baianas da escola de samba do Livramento.