posto-santa-lucia-novo-2017

Entre os temas abordados durante o planejamento anual, está o estudo do Material de Apoio ao Planejamento e Práticas de Aprofundamento (Mappa) – Divulgação

Dia 02 de fevereiro, quarta-feira, os cerca de 450 alunos da EE Profª Ephigênia Cardoso Machado Fortunato voltam às aulas com o Programa de Ensino Integral (PEI) e novidades do Novo Ensino Médio.

A educação em tempo integral prevê maior período dos alunos dentro da escola, com jornada de seis horas diárias. Por isso, em 2022, a unidade escolar vai funcionar dentro de dois turnos.

O primeiro turno tem início às 7h da manhã, com término às 14h, e abriga alunos do Ensino Fundamental II (do 6º ao 9º ano). Os alunos das três séries do Ensino Médio vão frequentar o segundo turno, com início às 14h30 e término às 21h30.

Até o fechamento da edição, a decisão era por aulas presenciais, com reforço na conscientização quanto à importância do protocolo sanitário e meios de proteção.

 

Itinerários formativos

 

A grande novidade está no Novo Ensino Médio, que traz uma série de mudanças na base curricular, com dois blocos principais: O currículo geral básico, que tem como referência a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e define competências e habilidades para quatro áreas do conhecimento (linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas), contemplando todos os componentes curriculares.

O outro bloco é dos itinerários formativos, que correspondem a 40% da carga horária, e oferecem caminhos de aprofundamento distintos aos estudantes em uma ou mais áreas de conhecimento e/ou na formação técnica e profissional.

 

Três projetos

 

De acordo com, a partir do 2º ano do Ensino Médio os alunos passam a frequentar os projetos do programa de itinerários formativos.

Na Ephigênia, de 10 projetos apresentados, três foram os mais votados entre os alunos. Um na área de Linguagem, intitulado #SeLigaNaMídia”; um segundo, na área de Matemática e Ciência da Natureza, com o título “Meu Papel no Desenvolvimento Sustentável”; e, por fim, a proposta na área de Ciências Humanas e Sociais, intitulada “Cultura e Movimento – Diferentes Formas de Narrar a Experiência Humana”.

 

Planejamento

 

Gestores, coordenação e professores da rede estadual retornaram antes de os alunos. De 26 de janeiro a 1º de fevereiro, eles participam do planejamento anual. A cada dia um tema está sendo objeto de estudo.

Segundo Daniela Fabiola Giglio Lara, coordenadora pedagógica geral, entre os temas, destaque para o Novo Ensino Médio, o Material de Apoio ao Planejamento e Práticas de Aprofundamento (Mappa); avaliação dos dados da escola; e estratégias de enfrentamento do pós-pandemia.