Slider
Objetivo é buscar conciliação para evitar greve dos funcionários – Paulo César Grange/SindiSaúde
Representantes da Santa Casa de Bariri e do SindiSaúde, sindicato que representa os funcionários do hospital, decidiram discutir a situação dos trabalhadores em nova reunião, marcada para as 18h de quinta-feira (17).
No encontro desta segunda-feira (14) as partes não chegaram a acordo. O sindicato pleiteia o pagamento do salário de maio e o acerto de atrasos em relação a férias e FGTS e o cumprimento de acordo coletivo negociado entre as partes.
Na reunião, a direção da Santa Casa apontou que o maior entrave são os bloqueios judiciais dos repasses que caem na conta do hospital.
Até quinta-feira a gestão da Santa Casa tentará apresentar uma solução para isso.
Edna Alves, presidente do SindiSaúde, diz que a greve não está descartada. Outra possibilidade é o pedido de demissão em massa dos funcionários do hospital baririense.