Slider

Suspenso em junho, Rodeio Bariri deve ser realizado até o fim do ano – Divulgação

A prefeitura de Bariri havia reservado o período entre 10 e 14 de junho para a realização do Rodeio Bariri.

No entanto, diante da pandemia relacionada ao novo coronavírus (Covid-19), a administração municipal decidiu suspender o evento. A informação foi dada ao Candeia pelo prefeito Francisco Leoni Neto (PSDB).

Segundo ele, o intuito é que a festa seja realizada até o fim deste ano. Serão levados em consideração o fim da pandemia e a possibilidade de que os organizadores tenham data livre para promover o evento. Também pesa na decisão a agenda de alguns artistas do meio sertanejo.

Por causa da Covid-19, Neto Leoni disse ainda que os festejos em comemoração aos 130 anos de emancipação político-administrativa de Bariri também foram cancelados. Estavam previstos desfile e passeio ciclístico, entre outras atrações.

Vale lembrar que o governo estadual pretende retomar as aulas nas escolas a partir de julho. Até lá haverá estudos para flexibilização de atividades comerciais, retorno às creches, entre outras medidas.

Cinco dias

A prefeitura pretendia realizar o Rodeio Bariri em cinco datas. O dia 10 de junho (quarta-feira) é véspera de Corpus Christi. Já o aniversário de Bariri, por meio de decreto, foi antecipado do dia 16 para o dia 15 (uma segunda-feira).

O intuito do Executivo era custear os shows da primeira e última noites. Nesse caso, os portões seriam abertos para entrada do público.

No fim de 2019 a prefeitura de Bariri e o Ministério da Cidadania assinaram convênio no valor de R$ 100 mil para realização da festa do peão.

Segundo Neto Leoni, trata-se de emenda de autoria do deputado federal Capitão Augusto (PR), a qual deve ser utilizada obrigatoriamente na infraestrutura do evento.

No dia 23 de abril o Ministério da Cidadania prorrogou de ofício o convênio até 31 de dezembro deste ano.