Slider

Segunda-feira, 31, termina a campanha de vacinação contra o sarampo, que teve início dia 15 de agosto, em todo o estado de São Paulo. Em Bariri, até o dia 27, quinta-feira, foram aplicadas 393 doses da vacina tríplice viral, que imuniza de sarampo, caxumba e rubéola.

As informações são do Centro de Diagnose Dr. José Dorly Borges. Segundo a equipe, as unidades locais vão continuar a vacinar contra o sarampo, após a campanha. Os pacientes, agora, devem estar munidos de carteira de vacinação.

O público alvo da campanha foram crianças e jovens de 1 a 29 anos, que estavam com as carteiras de vacinação desatualizadas. Mesmo assim, devido à disponibilidade de doses, outras faixas também receberam a vacina.

Em Bariri, a vacinação ocorreu em dois postos da cidade: Centro de Diagnose Dr. José Dorly Borges, na área central; e Programa Saúde da Família Nassima Bussada Romero (PSF 2), nos altos da cidade, ambos das 7h às 16h.

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, as autoridades sanitárias afirmam que as pessoas devem comparecer aos postos de saúde para se vacinar, respeitando as recomendações de distanciamento social e com a utilização de máscaras.

O calendário nacional de vacinação prevê a aplicação da vacina tríplice viral aos 12 meses de idade. Aos 15 meses deve haver o reforço com a tetraviral, que protege também contra varicela.

Não devem tomar a vacina crianças menores de 6 meses, gestantes ou mulheres com suspeita de gravidez. Os doadores de sangue estarão inaptos por quatro semanas e o ideal é, primeiramente, doar sangue e, depois, buscar pela vacina.

 

Sintomas do sarampo: dores musculares, tosse forte e seca, fadiga, febre, coriza, dor de cabeça, sensibilidade à luz e erupções ou manchas vermelhas na pele – Divulgação

 

Dia D da tríplice viral

 

Sábado passado, 22, o Setor de Saúde da Prefeitura de Bariri realizou o “Dia D” de vacinação contra sarampo, intensificando a aplicação da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola. O público alvo foi, em especial, pessoas de 30 a 49 anos.

A imunização foi realizada no Centro de Diagnose Dr. José Dorly Borges, localizado na área central da cidade, das 8h às 13h.

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, as autoridades sanitárias afirmam que as pessoas devem comparecer aos postos de saúde para se vacinar, respeitando as recomendações de distanciamento social e com a utilização de máscaras.