Slider

 Interventora da Santa Casa de Bariri, a prefeitura fará mudanças na gestão do hospital. – Divulgação

Marco Gallo irá substituir Patrício do Nascimento – Arquivo/Candeia

De acordo com o prefeito Abelardo Maurício Martins Simões Filho (MDB), as alterações no modelo de intervenção são fruto de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado recentemente pela administração municipal com o Ministério Público (MP) e reuniões na última semana entre membros do Executivo, da instituição de saúde e da Promotoria de Justiça.
A mudança de maior impacto é a criação de Conselho Superior Administrativo, que, no organograma da Santa Casa, ficará numa posição superior em relação à gestão do hospital. Isto é, os administradores da unidade de saúde deverão “prestar contas” ao órgão que será criado.
De acordo com Abelardo Simões, para a função de responsável pelo conselho foi convidado o médico pediatra Luiz Gonzaga Gerlin.
Ao Candeia, o médico diz que o conselho ainda está sendo definido e que provavelmente ficará responsável por ele. Gonzaga adianta que a situação do hospital é delicada e que será preciso a ajuda de todos para mantê-lo em funcionamento.
Outra alteração é na gestão técnica. Nomeado para a função no início de março, o médico Patrício do Nascimento deverá ser substituído pelo médico Marco Antonio Gallo. Este foi interventor da Santa Casa de Bariri no governo de Francisco Leoni Neto (PSDB), no período de fevereiro de 2019 a setembro de 2020.
“Os médicos e o Ministério Público querem somar esforços e ajudar na manutenção dos serviços prestados pela Santa Casa”, ressalta o prefeito. A atual intervenção (requisição administrativa) foi prorrogada até o fim deste mês.

Conselho deve ser encabeçado pelo médico Luiz Gonzaga Gerlin – Foto: Arquivo/Candeia

Alcir Zago