Slider

Até o dia 10 de maio todas as unidades de saúde de Bariri estão imunizando contra a gripe H1N1; crianças e gestantes iniciam a campanha – Divulgação

Dia 12, segunda-feira, tem início a campanha de vacinação contra a Influenza (H1N1). A primeira fase ocorre até 10 de maio e contempla crianças (a partir dos 6 meses e menores de 6 anos), gestantes, puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde.

Em Bariri, todas as unidades de saúde do município vão aplicar as doses de vacina durante a campanha. O horário de atendimento é das 7h às 13h.

Na segunda fase, que que ocorre de 11 de maio a 8 de junho, integram o público alvo professores e idosos acima de 60 anos.

A partir de 09 de junho, recebem imunização pessoas com comorbidades, portadores de deficiência, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e portuário, forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.

 

Covid 19

 

Neste ano, a campanha coincide com a vacinação da Covid-19. Por isso, é preciso ficar atento. A orientação dos especialistas e do Ministério da Saúde é: quem já tomou a primeira dose da vacina contra o coronavírus deve esperar para receber a segunda dose e depois aguardar no mínimo 14 dias para tomar a vacina contra a gripe.

Isto no caso de ser a vacina CoronaVac. Se a imunização contra a Covid-19 foi através da vacina AstraZeneca não há necessidade de esperar a segunda dose porque o intervalo é de 90 dias.

 

Importância da vacinação

 

O ministério diz que a imunização contra a gripe é extremamente importante para a proteção dos grupos mais vulneráveis às complicações e óbitos decorrentes da doença, por isso deve ser mantida apesar de todos os desafios frente à circulação do novo coronavírus.

Segundo a pasta, a imunização contra a gripe vai prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

 

Três etapas de vacinação

 

Os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas, de forma escalonada. A campanha nacional de imunização contra a gripe será distribuída em três etapas, de forma escalonada:

  • 1ª etapa – de 12 de abril a 10 de maio: crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde (25,2 milhões de pessoas)
  • 2ª etapa – de 11 de maio a 8 de junho: idosos e professores (32,8 milhões de pessoas)
  • 3ª etapa – de 9 de junho a 9 de maio: demais grupos prioritários (21,7 milhões de pessoas).