Slider

Meta estadual para aplicação de ao menos uma dose foi adiantada para 20 de agosto – Divulgação

O governo estadual anunciou no domingo (11) a antecipação de 26 dias na data final para vacinar toda a população com mais de 18 anos com ao menos uma dose contra a Covid-19. O adiantamento para 20 de agosto foi viabilizado com a compra de 30 milhões de doses extras da vacina Coronavac para uso nos 645 municípios paulistas.
Com o novo cronograma, pessoas com idade entre 35 e 36 anos poderão se vacinar no próximo dia 15. Entre 19 de julho e 4 de agosto, será a vez de quem tem de 30 a 34 anos. De 5 a 12 de agosto, serão vacinados os que têm de 25 a 29 anos, e entre os dias 13 e 20 serão imunizados os adultos mais jovens, com idade entre 18 e 24 anos.
A antecipação do calendário fez com que o Dia da Esperança – data em que todos os brasileiros de São Paulo com mais de 18 anos estarão vacinados com ao menos a primeira dose contra o coronavírus – passasse de 15 de setembro para 20 de agosto.
A chegada de doses extras da Coronavac ocorre após acordo entre o Governo do Estado, o Instituto Butantan e a biofarmacêutica chinesa Sinovac. O primeiro lote com 2,7 milhões de vacinas desembarcou no Brasil no último dia 7 e passa por controle de qualidade antes da distribuição aos 645 municípios de São Paulo. Outra remessa com 1,3 milhão de doses virá de Pequim até o final deste mês.
A medida é mais um passo na otimização do cronograma de vacinação por meio das estratégias de planejamento, monitoramento, distribuição e logística desenvolvidos pelo PEI (Plano Estadual de Imunização).
Além das vacinas extras que serão usadas apenas pela população de São Paulo, o Governo do Estado se baseia na estimativa de entregas de vacinas do Ministério da Saúde. O calendário considera o início do esquema vacinal, que é composto por duas doses para três dos quatro imunizantes oferecidos no Brasil.
O novo calendário está disponível no site https://vacinaja.sp.gov.br/diadaesperanca/.