posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

Sessão de terça-feira, dia 16: sem público e vereadores com máscara e álcool gel – Alcir Zago/Candeia

A promotora de Justiça Gabriela Silva Gonçalves Salvador encaminhou ofício à Câmara de Bariri pedindo esclarecimentos sobre as medidas de vigilância sanitária que estão sendo adotadas em razão da realização das sessões legislativas presenciais. As reuniões ordinárias foram retomadas no dia 1º de junho.

O intuito é verificar a segurança dos funcionários da Casa, vereadores e população diante da pandemia da Covid-19.

No ofício, a promotora pontua cinco itens que considera necessários: uso de máscaras faciais; estabelecimento de distância mínima de 2 metros entre as pessoas; redução da capacidade de ingresso de pessoas no plenário; disponibilização de álcool gel; e se funcionários e vereadores em grupo de risco são mantidos em teletrabalho.

De acordo com o presidente da Câmara de Bariri, Ricardo Prearo (PDT), está sedo cumprida a maioria das determinações.

Diz que o único item não cumprido é o teletrabalho, porque o projeto não foi aprovado recentemente pelos vereadores.

Na sessão de terça-feira (16) todos os vereadores estavam de máscara e com álcool gel na mesa.

No plenário havia apenas três profissionais da imprensa. O público não tem acesso à sede do Legislativo desde meados de março, quando a pandemia teve início.