Composição 1_1
Composição 1_1

Dois médicos residentes em Ibitinga se inscreveram em edital publicado pelo Ministério da Saúde para trabalharem em Bariri dentro do Programa Mais Médicos. A pasta havia disponibilizado duas vagas para a cidade.

De acordo com a diretora municipal de Saúde, Samara Ferro Jacó de Carvalho, eles têm até o dia 14 de dezembro para apresentar todos os documentos necessários para que possam atuar em Bariri.

Caso não haja nenhum tipo de problema na documentação, os médicos começam a trabalhar no município no dia 14. No momento, Samara prefere não divulgar o nome dos profissionais.

A diretora adianta que é um homem e uma mulher. Eles já conheceram as unidades de saúde onde possivelmente irão atuar: PSF 2 (Avenida Padre João Eid); e PSF 4 (Rua José Gonçalves).

Cubanas

Recentemente duas médicas cubanas do Programa Mais Médicos deixaram Bariri. O atendimento delas foi suspenso após impasse envolvendo o governo cubano e o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro.

Mercedes Mosquera Velasquez e Tailin Guerrero Yero chegaram a Bariri em junho de 2017 e atuavam nos Programas Saúde da Família (PSFs).

Bariri contava com quatro médicos do programa. Os dois profissionais nascidos no Brasil e que se formaram fora do País continuam a atuar na cidade.