Slider

Segundo as instrutoras Jurema e Andreia, o curso foi ministrado de acordo com a Resolução 125 do CNJ – Rosana Açcolini/Candeia

De 07 a 11 de outubro, Bariri sediou Curso de Capacitação de Mediadores e Conciliadores Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).
Segundo as instrutoras Jurema Rodrigues da Silva e Andreia Reali de Oliveira, o curso foi ministrado de acordo com a Resolução 125/2010, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Este curso é obrigatório para todos que pretendem atuar como mediadores e ou conciliadores nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) ou fóruns estaduais.
As aulas foram ministradas nas dependências do Fórum de Bariri e contaram com a participação de integrantes da sociedade civil, como advogados, psicólogos, pedagogos, assistentes sociais e conselheiros tutelares.
A carga horária total é de 100 horas (40 horas de aulas teórico-práticas + 60 horas de estágio supervisionado). Após aprovado na parte teórica o aluno deve fazer estágio nos Cejusc e juizados especiais.
O conteúdo ministrados no curso envolve os temas como a comunicação interpessoal; teoria do conflito e ferramentas do processo de mediação.
“Na presença de um mediador, as partes podem reunir-se para discutir o assunto e construir uma solução, sem a necessidade de levar a questão para a esfera jurídica, reduzindo custos e oferecendo uma solução mais rápida para todos”, comenta Jurema da Silva.

As aulas foram ministradas nas dependências do Fórum e contaram com a participação de integrantes da sociedade civil – Rosana Açcolini/Candeia

Apoiadores

De acordo com a equipe do Fórum de Bariri, o curso de capacitação de mediadores e conciliadores contou com o apoio do Cartório de Registro de Imóveis; Cartório de Registro de Notas; Tito Fernando Ambrósio; Márcio Rodrigues da Silva e Cruz de Souza; Mini Shopping; Demétrio Sociedade de Advogados; Supermercados Aquilante; e Restaurante Sucata.