Composição 1_1

Agências bancárias no centro de Bariri: dinheiro aplicado em poupança caiu de R$ 312,7 milhões para R$ 303,4 milhões entre dezembro de 2022 e dezembro de 2023 (Alcir Zago/Candeia)

Bariri e outros sete municípios da região registraram em 2023 mais saques que depósitos na caderneta de poupança (veja quadro).

Os dados consolidados por município do ano passado foram disponibilizados recentemente pelo Banco Central. Apenas Boraceia obteve mais depósitos que saques na caderneta de poupança em 2023.

Para realizar o comparativo, o Candeia utilizou os dados consolidados de dezembro de 2022 e de dezembro de 2023. É feita verificação do estoque (quantia de dinheiro depositada nas agências bancárias de determinado município) nos dois períodos.

No caso de Bariri, por exemplo, em dezembro de 2022 havia no município R$ 312,7 milhões depositados em poupança. Doze meses depois o montante caiu 2,98%, para R$ 303,4 milhões.

Há duas hipóteses para isso. A primeira é que o poupador passou por dificuldades financeiras e precisou sacar o dinheiro. Outra é que resolveu aplicar o dinheiro em outras aplicações mais rentáveis.

Em relação à poupança per capita, Bariri ocupa a segunda colocação na região. Dividindo-se a quantidade depositada em todas as agências da cidade pela população, o município possui média de R$ 9,6 mil por morador (confira no quadro). Em Barra Bonita, a relação é maior, com per capita de R$ 10,1 mil.

Para fazer o cálculo, o Candeia utilizou os dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Brasil

O cenário vivido por Bariri e pela maioria dos municípios da região é o mesmo do País. Pelo terceiro ano seguido, o saldo das cadernetas de poupança caiu, com o registro de mais saques do que depósitos em 2023, em um cenário de juros e endividamento ainda altos no país. No ano passado, as saídas superaram as entradas em R$ 87,82 bilhões, de acordo com o Banco Central (BC).

Em 2023, foram aplicados R$ 3,83 trilhões, contra saques de R$ 3,91 trilhões. Apenas os meses de junho, com R$ 2,59 bilhões, e dezembro, com R$ 13,77 bilhões, registraram saldo positivo, com mais depósitos do que saques. Nos demais meses do ano, houve saídas líquidas.

Os rendimentos creditados nas contas de poupança somaram R$ 73,08 bilhões em 2023. Agora, o estoque aplicado na poupança é de R$ 983,03 bilhões.

O saque de recurso das cadernetas acontece em um momento de alto endividamento no país. De acordo com o BC, o endividamento das famílias – relação entre o saldo das dívidas e a renda acumulada em 12 meses – em operações de crédito chegou a 47,6% em outubro do ano passado.

Dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) também apontam que o endividamento ainda alcança 76,6% das famílias brasileiras.

Os saques na poupança se dão também porque a manutenção da taxa básica de juros, a Selic em alta, estimula a aplicação em investimentos com melhor desempenho. Isso porque o rendimento da poupança segue limitado.

Fonte: Agência Brasil

Variação do estoque da poupança em 12 meses

Cidade                      Estoque de poupança – dezembro/2022         Estoque de poupança – dezembro/2023          Variação (%)

Bariri                         R$ 312.761.114,00                                                R$ 303.432.276,00                                                -2,98

Barra Bonita            R$ 351.548.803,00                                                R$ 348.929.237,00                                                -0,74

Bauru                        R$ 2.277.896.546,00                                            R$ 2.197.276.433,00                                             -3,53

Bocaina                    R$ 50.474.329,00                                                  R$ 48.764.522,00                                                  -3,38

Boraceia                   R$ 12.456.407,00                                                  R$ 13.603.805,00                                                  9,20

Dois Córregos          R$ 181.857.663,00                                                R$ 171.939.921,00                                                -5,45

Itapuí                        R$ 28.294.836,00                                                  R$ 25.497.166,00                                                  -9,88

Jaú                             R$ 940.289.811,00                                                R$ 907.677.389,00                                                -3,46

Pederneiras               R$ 247.023.215,00                                                R$ 236.179.433,00                                                -4,38

 

Fonte: Banco Central

 

Poupança per capita na região

 

Cidade               Estoque de poupança – dezembro/2023        População em 2022                   Per capita

Bariri                  R$ 303.432.276,00                                         31.595                                       R$ 9.603,00

Barra Bonita       R$ 348.929.237,00                                         34.346                                       R$ 10.159,00

Bauru                 R$ 2.197.276.433,00                                      379.146                                     R$ 5.795,00

Bocaina              R$ 48.764.522,00                                           11.259                                       R$ 4.331,00

Boraceia             R$ 13.603.805,00                                           4.715                                         R$ 2.885,00

Dois Córregos    R$ 171.939.921,00                                         24.510                                       R$ 7.015,00

Itapuí                  R$ 25.497.166,00                                           13.659                                       R$ 1.866,00

Jaú                     R$ 907.677.389,00                                         133.497                                     R$ 6.799,00

Pederneiras         R$ 236.179.433,00                                         44.827                                       R$ 5.268,00

 

Fontes: Banco Central e IBGE