Slider

Exposição destaca herói esquecido: José Teixeira – Divulgação

Tendo em vista a Lei nº 10.639, de 2003, de Diretrizes e Bases da Educação, a escola Professora Joseane Bianco apresentará nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, a exposição: José Teixeira, o herói esquecido.

Ele se destacou como voluntário na época da epidemia da gripe espanhola (durante a Primeira Guerra Mundial), que acometeu Bariri e todo o país.

A Escola Euclydes Moreira da Silva se tornou um hospital de campanha e contou com a atuação de médicos, enfermeiros e cidadãos voluntários no atendimento de inúmeros enfermos. Teixeira foi um deles e se destacou pela coragem e bravura, enfrentando o risco da contaminação e procurando, inclusive, dar sepultamento digno aos mortos no cemitério local.

Além do ilustre baririense como figura central da mostra cultural, a filosofia Akan de Gana:“Sankofa: não é errado voltar atrás pelo o que esqueceste”, também norteará a apresentação.

A escola está seguindo todos os protocolos de proteção contra a Covid-19 e espera a presença de toda a população que queira conhecer um pouco da história deste herói invisibilizado.

Os alunos matriculados terão direito, ao final da exposição, à feijoada e refrigerante.