Composição 1_1
Composição 1_1

O projeto foi votado na sessão de segunda-feira, 18 – Foto: Robertinho Coletta/Candeia

Por cinco votos a quatro, a Câmara de Vereadores de Bariri rejeitou projeto de resolução 02/2019, que previa a realização de sessões semanais do Legislativo. Para tanto, era necessário alterar o artigo 104 do Regimento Interno da Câmara de Vereadores.

A proposta de autoria de quatro vereadores – Vagner Mateus Ferreira (PSD), Armando Perazzelli (PV), Luís Carlos de Paula (MDB) e Francisco Leandro Gonzalez (PPS – ainda alterava o horário de início da sessão de 20 para às 19h.

O projeto foi votado na sessão de segunda-feira, 18, e dividiu os vereadores. A votação indicou empate de quatro votos a quatro. Foi preciso que o presidente da Casa, Ricardo Prearo (DEM) desse o voto de Minerva, rejeitando a matéria.

Na justificativa, os autores alegaram que, sendo os encontros semanais, o Legislativo teria mais tempo para apreciar e deliberar sobre as proposituras apresentadas. Segundo eles, atualmente o tempo é insuficiente para o debate público.

Em relação, ao horário da sessão, para os autores o início às 20h é muito tarde e prejudica a população que quer acompanhar os trabalhos legislativos.Com a rejeição ao projeto, a frequência e início das sessões ordinárias permanecem inalterados.

O Jornal Candeia transmitiu a sessão camarária na íntegra através de sua página no Facebook: