Slider

Um casal foi preso pela Polícia Militar (PM) de Bariri anteontem, dia 7, após ter sido condenado pela Justiça pelo crime de roubo um dia antes. Além disso, o homem também foi detido por violência doméstica.
A PM recebeu informação de que estaria ocorrendo desinteligência em via pública. Chegando ao local, os policiais não encontraram os envolvidos.
Mas tomaram conhecimento de que o homem (A. L. L. S.) e a mulher (D. C. S.) haviam sido condenados pelo crime de roubo. O mandado de prisão contra eles foi expedido na quarta-feira, dia 6.
Os militares foram à casa da mulher, na Vila São José, dando cumprimento ao mandado de prisão. Ela foi condenada a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado. A mulher apresentava lesões corporais e alegou aos PMs que teria sido agredida por A.
Depois, os policiais se dirigiram à residência no Jardim Santa Rosa, onde o homem mora. Ele também foi detido, tendo sido condenado a 12 anos e cinco meses de prisão.
O casal foi submetido a exame de corpo de delito no pronto-socorro da Santa Casa de Bariri e apresentado na Delegacia de Polícia. O homem também teve a prisão em flagrante decretada pelo crime de lesão corporal com base na Lei Maria da Penha.
De acordo com o delegado Durval Izar Neto, A. e D. foram condenados porque no início do ano eles agrediram e roubaram um homem no interior da casa da vítima.
Os investigadores esclareceram a autoria do crime. O inquérito foi relatado pela Polícia Civil ao Ministério Público, com decisão condenatória proferida pela Justiça nesta semana.