Slider

Vaguinho comentou vídeo gravado por ele em visita à obra

O vereador Vagner Mateus Ferreira, o Vaguinho, (PSD), esteve no Jornal Candeia na segunda-feira, 21, e fez críticas a dois aspectos relacionados à administração municipal de Bariri.
Primeiro deles é sobre obra de cobertura e estacionamento realizada próximo ao posto de saúde do bairro Livramento.
Segundo ele, a empreiteira contratada para realizar o serviço teria se recusado a continuar. A desistência, segundo ele, seria por supostamente a prefeitura estar querendo economizar e assim estaria realizando um serviço ruim. Vaguinho não informou o nome da empresa ou do empreteiro.
O vereador gravou vídeo onde chacoalha uma barra metálica fixada no solo, que deve servir para base da cobertura.”Imagina após uma chuva ou ventania, corre-se o risco de desabamento”, opinou.
Questionado, Vaguinho informou que procurou o diretor de Obras no município, Márcio Nascimento, mas este estaria em férias, mas informou que iria se interar do assunto.

Ambulâncias

Vaguinho também criticou estado de algumas ambulâncias que levam pacientes do setor de Saúde do município.
Segundo ele, veículos estão com pneus carecas, vidros quebrados e até com ausência de cinto de segurança. “Isso é um perigo tanto para os passageiros quanto para os motoristas”.
O vereador afirmou que para resolver o problema a administração deveria buscar recursos nas esferas Estadual e Federal.
“Além disso, é preciso dar o exemplo: comprei com parte do meu salário de vereador quatro pneus novos, que estou doando às ambulâncias”, afirmou. Vaguinho realizou entrega no setor na terça-feira, 22, porém a prefeitura não aceitou a doação.

Falácia
Questionada pela reportagem, a prefeitura municipal de Bariri, através de nota enviada pela assessoria de imprensa, respondeu sobre os dois assuntos.
Com relação ao serviço realizado no Posto de Saúde do Bairro Livramento, a nota informa ser “uma falácia o vereador dizer que está sendo um serviço mal feito”.
A Diretoria de Obra informou que no local está sendo realizada cobertura na entrada do posto em policarbonato, uma cobertura metálica para carros, concretagem do pátio para estacionamento e também a construção de uma sala de expurgo. A obra, segundo a prefeitura, custará R$ 42.693,00.
Com relação às ambulâncias, a prefeitura afirma que “herdou de administrações anteriores uma herança de ambulâncias em estado crítico”.
“Desde que assumimos, tem sido dada atenção especial aos setores que necessitam de urgência e assim prontamente tomado as devidas providências. No caso das ambulâncias, o município está requisitando novas unidades, bem como processo licitatório para aquisição de novos pneus”, finalizou o comunicado.

 Novo chefe
Durante a semana, a chefe do setor de ambulâncias da prefeitura, Regina Folieni, pediu exoneração do cargo. Regina, que é esposa do vereador Evandro Folieni (PSDB), disse que saiu por “falta de mais ambulâncias e por falta de estrutura”.”Era minha a responsabilidade a escala dos motoristas. São vidas humanas”, afirmou.
A prefeitura de Bariri confirmou ao Jornal Candeia o pedido de demissão de Regina, que segundo informado foi exonerada na terça-feira, 22. O novo chefe do setor das ambulâncias desde a quarta-feira, 23, é Osvaldo Guerreiro, que volta ao cargo após ter atuado na função em 2017.

Osvaldo Guerreiro volta ao cargo de chefe das ambulâncias após pedido de demissão de Regina Folieni