Composição 1_1
Composição 1_1

Porções de maconha e cocaína foram apreendidas em residência no Jardim Maravilha – Robertinho Coletta/Candeia

A Polícia Civil de Bariri apreendeu na manhã desta sexta-feira, dia 1º, grande quantidade de entorpecentes em poder de um homem (W. C.), conhecido por ser o chefe do tráfico no Núcleo Habitacional 3, local chamado de Florestinha.
O imóvel fica na Rua São Bernardo, no Jardim Maravilha. Também foi presa na ação uma mulher (R. G.), que estava na residência.
Havia porções de cocaína e maconha, fracionadas para venda e em porções brutas, além de balança de precisão. Foram apreendidos 6.160 pinos de cocaína, 245 papelotes de maconha e 1 quilo de maconha bruta.
O homem detido em flagrante havia sido preso recentemente, mas foi colocado em liberdade em audiência de custódia.
Como as investigações continuaram, a Polícia Civil requisitou da Justiça mandado de busca. Com a autorização do Poder Judiciário, os policiais foram à residência da manhã desta sexta-feira.
De acordo com o delegado titular de Bariri, Marcílio César Frederici de Mello, o cumprimento do mandado foi feito às vésperas do carnaval pelo fato de a polícia supor que haveria maior movimentação de drogas nesta época.
O investigador José Da Dalto conta que o chefe do tráfico informou que gastava R$ 31 mil a cada compra de entorpecentes. Em relação à apreensão de ontem, como já havia vendido parte das drogas, calcula-se que a Polícia Civil tenha tirado de circulação aproximadamente R$ 20 mil em entorpecentes.