Slider

A Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, de Bariri, foi escolhida pelo bispo da Diocese de São Carlos, Dom Paulo Cezar Costa, para a celebração de investidura de 900 ministros da Eucaristia.

A missa foi realizada na noite de terça-feira, dia 9, com a presença do bispo, padres do vicariato de Jaú, ministros e fiéis. Pelo seu porte, a igreja baririense pôde receber a todos.

Os novos ministros participaram de curso de formação no vicariato de Jaú, composto pelas cidades de Jaú, Bariri, Barra Bonita, Bocaina, Brotas, Dois Córregos, Itaju, Mineiros do Tietê, Boa Esperança do Sul e seus distritos. Todos poderão exercer esse ministério pelo período de três anos.

De Bariri, foram formados 46 ministros, sendo 21 da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, 14 da Paróquia Santuário Nossa Senhora Aparecida e 11 da Paróquia de Santa Luzia.

Em sua homilia, Dom Paulo Cezar destacou a importância de, mesmo no corre-corre diário, as pessoas dedicarem um tempo à oração e à vivência da Palavra e da Eucaristia.

Nesse sentido, o bispo ressaltou que os ministros devem ter como missão levar e anunciar Jesus Cristo.

As principais funções exercidas por um Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão (MESC) na comunidade católica estão o papel de agente de pastoral, visitação aos doentes, levando-lhes a Sagrada Comunhão, auxílio aos ministros ordenados nos atos litúrgicos, distribuindo a Sagrada Comunhão e servindo o altar, quando necessário, e dirigir a Celebração da Palavra ou Culto Dominical, na ausência do diácono, ou quando solicitado pelo pároco.