Composição 1_1
Composição 1_1

O painel que fica no altar da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, de Bariri, começou a ser construído em 1975 pelo artista polonês Arystarch Kaszkurewicz, mas foi concluído pelo pedreiro baririense Osmar Francisco Gonçalves.
Essa história foi retratada pelo Jornal Candeia na edição de 3 de setembro de 2005. Na foto está Osmar.
O painel foi um pedido à época do padre Luiz Cechinato. Osmar trabalhou na construção da igreja e também ajudando Arystarch na confecção do painel, que tem 15 metros de altura e 16 metros de largura. A técnica utilizada foi o afresco sgrafiato.
Por um desentendimento com alguns trabalhadores, o polonês acabou abandonando a obra.
Osmar foi a São Bernardo do Campo, onde o artista morava, pegou os moldes que faltavam e concluiu o serviço.
Arystarch fugiu da Europa por ocasião da Segunda Guerra Mundial, tendo perdido, durante a ocupação alemã, as duas mãos e o olho esquerdo. Morou no Brasil desde 1952, acompanhado de sua esposa Ludmila e seu filho Eugenius.
Realizou trabalhos em 28 cidades brasileiras, entre elas Bariri, até sua morte, em completo anonimato, em 1989 por ataque cardíaco.

Pedreiro concluiu painel da Igreja Matriz de Bariri