posto-santa-lucia-novo-2017
Banner-Lista-Candeia
Banner-online
WhatsApp Image 2020-07-06 at 08.28.31
Banner-Cep

Na quarta-feira, 28, cidade registrou 4 mm de chuvas- – Robertinho Coletta/Candeia

Frente fria e massa de ar polar trouxeram chuva a Bariri na quarta-feira (28) e geada ontem (30). Conforme o pluviômetro instalado na Della Coletta Bioenergia (DC Bio), foram 4mm de chuva na quarta-feira. No dia 17 de julho as precipitações somaram 8mm, totalizando 12mm no mês.

Anteontem (29) esfriou bastante com mínima de 3ºC. Mas ontem (30) o frio foi mais intenso em Bariri, com mínima de 2ºC e geada em várias partes do município.

Trata-se da terceira geada do ano no município. As outras ocorreram nos dias 1º de julho e 20 de julho.

Neste fim de semana as temperaturas devem subir, com mínima de 7ºC hoje (31) e de 10ºC amanhã (1º). Não há previsão de geadas.

Para tratar da frente fria que atingiu Bariri e região nessa semana, Ernesto Villares, coordenador da Defesa Civil no município e sargento do Corpo de Bombeiros, concedeu entrevista coletiva na manhã de terça-feira (27) na Diretoria Municipal de Educação.

Na manhã de quinta-feira, 29, após chuva e queda de temperatura, carros chegaram a ficar com fina camada de gelo – Arquivo Pessoal/Redes Sociais

Segundo ele, as regiões centro-sul do País foram atingidas por frente fria seguida de massa de ar polar, fazendo com que os termômetros registrassem temperaturas baixas.

Villares destacou que o frio não seria tão preocupante em relação ao que estava sendo veiculado e que em Bariri e região a temperatura não ficaria abaixo de 0ºC.

A recomendação do responsável pela Defesa Civil é quanto aos cuidados com bebês, idosos, pessoas doentes e que fazem acompanhamento médico.

Os banhos demorados e quentes podem debilitar a pele, principalmente de pessoas mais velhas.

Na manhã de sexta-feira, 30, após termômetros registrarem 2ºC, Bariri amanheceu com geada e neblina – Robertinho Coletta/Candeia

Villares afirma que não se deve usar o fogo para aquecer o banheiro. O motivo é que essa prática diminui a quantidade de oxigênio no ambiente.

Outro cuidado é com locais quentes da casa, como fogão e churrasqueira. Crianças podem se aproximar para esquentar, com risco de acidentes. Já o uso de aquecedores diminui a umidade do ar.

As pessoas devem estar atentas à hidratação de pele, alimentação e hidratação. Também devem dar atenção especial aos animais domésticos.

Agasalhos e cobertores podem estar com poeira ou ácaro. Por esse motivo precisam ser lavados antes.

Cobertura completa na edição deste sábado, 31, do Jornal Candeia