posto-santa-lucia-novo-2017

Gestão do hospital diz que maioria dos casos é síndrome gripal e que pessoas precisam ter paciência – Foto: WhatsApp/Candeia

Na manhã desta segunda-feira (10) aumentou bastante a procura pelo pronto-socorro (PS) de Bariri. Pessoas reclamaram ao jornal que haveria necessidade de fazer triagem com o intuito de separar os pacientes e dar mais orientação a quem está no local.
Segundo a gestora do hospital, Denise Sgavioli, a maioria dos casos é relacionada a síndrome gripal. Os casos suspeitos de Covid-19 são encaminhados ao Centro de Saúde.
A orientação é que as pessoas fiquem do lado de fora do PS, onde foram montadas tendas e colocadas cadeiras, para proteção do sol e da chuva. A manutenção de pessoas do lado de fora é para minimizar possível contaminação por via aérea, em caso de gripe e Covid-19.
O maior movimento do lado de fora deve-se a pessoas que esperam atendimento, quem já passou pelo médico, familiares e quem espera por ambulância.
De acordo com Denise, o tempo médio de atendimento no PS é de 40 minutos. Ela pede paciência a quem procurar o local e afirma que a triagem está sendo feita.
Na Unimed de Jaú o tempo médio de espera é de 4 horas. Além disso, a gestora comenta que em Jaú havia fila numa extensão de nove quadras na manhã desta segunda-feira (10).