Slider

Policiais encontraram dono da casa já sem vida em um dos quartos – Foto: Divulgação

Assalto a uma residência na noite deste sábado (16) terminou em tragédia em Bariri. Após ser amarrado e amordaçado, Airton Carlos Gatto Gerlin, de 73 anos, acabou morrendo. O caso foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte) e um dos envolvidos foi preso.

A PM conta que estava em patrulhamento preventivo pela avenida Dom Pedro II quando viu dois indivíduos em atitude suspeita. Ao receberem ordem de parada, eles saíram correndo. Após jogar uma sacola na rua, um deles conseguiu fugir pulando muros de residências.

Já o outro, Jona Daby Juliano, foi abordado em posse de uma furadeira e bijuterias. O suspeito confessou que, juntamente com o seu comparsa, haviam acabado de roubar os objetos de uma casa na avenida João Lemos e que a vítima havia ficado amarrada no interior do imóvel.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram o proprietário Airton Carlos Gatto Gerlin no chão de um dos quartos. Ele estava amordaçado e com as mãos amarradas para trás.

De imediato, ainda segundo a PM, foi solicitado o socorro. O Corpo de Bombeiros somente constatou a morte do homem. Uma das hipóteses é de que ele tenha tido um ataque cardíaco.

A Polícia Científica foi acionada para a realização da perícia. Jona Daby Juliano foi levado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú, onde foi preso em flagrante pelo crime de roubo qualificado com resultado morte. Ele será submetido à audiência de custódia.

As investigações seguem para localizar o comparsa, que, inclusive, foi identificado, segundo informa a Polícia Militar.

Fonte: jcnet